Frete Grátis | Parcele suas compras em até 3x

Franjas!

Postado em 26 March 2014

Ano passado me rendi as tesouras e cortei a minha franja. Cheguei no salão sem saber qual corte faria, mas estava querendo mudar e minha cabeleireira me convenceu que cortar a franja seria uma boa pedida. Ela acertou em cheio! Todo mundo amou o meu cabelo. Não é um corte muito fácil, de duas em duas semanas eu precisava aparar e todos os dias usar o secador pra modelar e deixar os fios como eu gosto de usar, mas valeu super a pena. Depois disso comecei a reparar que a franja está voltando a ficar em alta e várias pessoas estão aderindo, afinal, é um corte que rejuvenescer e disfarçar imperfeições.
Fui dar uma pesquisada na internet e achei uma matéria muito boa no site da Vogue que o top hairstylist Marcos Proença destrinchou quatro estilos contemporâneos e contou quem pode adotar cada um dos looks sem medo.

Desktop

Franja-cortina
Embaixadora informal desse look, Alexa Chung usa há anos uma franja que costuma dividir despretensiosamente ao meio, formando uma espécie de cortina que se abre. “É irregular, começa menor e vai ficando maior no contorno do rosto. É boa porque a mulher não fica tão escrava do cabelo pra frente, ela pode colocar meio de lado, um pouco pra trás, e ainda aparece um pouco da testa”, resume o cabeleireiro. “Esse visual fica mais casual e tem inspiração mais rock’n’roll , tipo do final década de 50, começo dos anos 60. É arredondada e às vezes desfiada pra ficar mais nervosinha. Versátil, bem distribuída, enfeita, é a mais democrática e não pede tanta manutenção”, diz Proença.

Aposte: Perfeito para quem quer se iniciar no mundo das franjas porque é mais fácil de deixar crescer caso o resultado não seja o esperado. Mulheres com o rosto fino ou testa grande também podem, já que a irregularidade dos fios contornando o visual deixa o formato facial mais harmônico e menos alongado. 

Fuja: É necessário uma certa textura capilar para o look rebelde funcionar, então se seu cabelo é muito fino e você não pretende usar produtos de styling, melhor evitar do que correr o risco de ficar com cara do proverbial “a vaca lambeu”.  

Desktop1

Acima da sobrancelha
Pense em Maria Casadevall. A atriz de Amor à Vida ostenta um chanel moderninho cuja franja curtinha foi feita por ela mesma em casa e casou muito bem com sua personagem fashionista da novela. Mas na vida real, é bom tomar cuidado. “Funciona para poucas pessoas porque pode parecer um visual mais alternativo e é difícil enfeitar. É muito perigosa, principalmente no Brasil que, além do clima, tem mulheres com fios ondulados”, explica Proença, indicando uma solução para o problema de quem não nasceu com madeixas naturalmente lisas. “É preciso fazer um processo químico e não necessariamente a franja fica linda com o alisamento, então não é minha favorita. Mas pra quem é moderna funciona”, adverte.

Aposte: quem tem o rosto arredondado ou quadrado e quer muito usar franja, porque alonga a silhueta já que deixa parte da testa à mostra. 

Fuja: donas de fios muito volumosos/ cacheados ou que tenham visual mais clássico.  A tempo: as crespas não estão proibidas de usar, desde que alisem pelo menos a franja e que na hora de cortar deixem a frente mais comprida do que o desejado. 

Desktop2

Assimétrica
Karlie Kloss se tornou o ícone dessa franja depois que passou a tesoura na longa cabeleira para um editorial da Vogue América em 2012. “Um lado é menor, enquanto o outro é um pouco maior. É quase uma franja falsa: só de um lado tem os fios mais curtos, que podem ficar mais evidentes quando ela quer usar franja, mas, como o outro lado é longo, ela pode mudar o cabelo de lado e esconder os fios curtos, dando a impressão de que o cabelo está mais inteiro”, analisa Proença sobre o corte da top.
 
Aposte: Boa pra quem gosta de variar, já que permite se livrar da franja de vez em quando.

Fuja: Por ser assimétrica, imprime uma atitude mais moderna e fora de um formato comum, coisa que muita gente não entende. Se você é uma não-iniciada no mundo das franjas, o ideal é não começar por esta.

Desktop3

Inteira
A irresistível Zooey Deschanel fez dessa a sua marca registrada: fartos fios escuros quase cobrindo os olhos de maneira praticamente uniforme. “Ela tem bastante volume, é inteira e gorda, lembra a década de 60. É pesada, precisa ser escovada, requer um certo polimento. É para uma mulher que quer ter um visual mais propositalmente elaborado, dá pra ver que ela tem uma manutenção, um trabalho. O truque é colocar a escova, esquentá-la e deixar ela embaixo da franja por um segundinho. Aí a franja fica mais gorda e vai caindo sobre os olhos, no limite de incomodar. As que quase incomodam os olhos são as mais legais porque deixa um visual misterioso”, aconselha o profissional.

Aposte: quem tem cabelo claro está liberada. Esse tipo também é ótima opção pra quem costuma usar muito rabo de cavalo e deixa um visual sessentinha, com poucos fios ao redor do rosto.

Fuja: Mulheres com fios escuros e pele idem. “Cabelo escuro com esse tipo de franja combina com pele clara e mulher com pouca olheira porque senão a expressão fica pesada”, alerta Proença, que também não recomenda para quem tem mais de 35 anos. “A franja pesada forma uma sombra no rosto que acentua as marcas de expressão”, explica. (VICTORIA MARCHESI) 

——-

Uma atriz que arriscou o corte no último ano foi a Thaila Ayala. Ela nunca erra, né? Olhem só o tanto que ela estava linda…

Desktop4

E agora uma foto do meu cabelo. E aí, meninas? Corto de novo ou não? =)

DSC_1929-e1385996849350


Próximos posts

0 comentários

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação.

Fique por dentro

Cadastre-se para receber nossas novidades

pesquisar em nossa loja: